De volta ao topo

Entupimento de veia

Trombose e entupimento vascular

Para entendermos o entupimento das veias, necessitamos lembrar como funciona o sistema vascular, que contém o sistema arterial, venoso e linfático. Todos eles podem entupir em algum momento e as consequências e tratamentos são bem diferentes.
Quando falamos entupimento de veia, e entendemos literalmente, estamos falando do sistema venoso, que consiste em um sistema vascular responsável por trazer o sangue de volta ao coração. É um sistema de baixa pressão que não sofre as consequencias da aterosclerose, mas que, por causa do seu fluxo mais lento, pode "trombosar", ou seja, ocluir, entupir a veia. Quando o sistema venoso profundo é ocluído, ocorre a trombose venosa profunda e quando o sistema venoso superficial entope, ocorre a tromboflebite superficial. A trombose venosa profunda é mais grave, pois pode acarretar a embolia pulmonar, que pode ser fatal. Tanto a trombose venosa profunda, quanto a tromboflebite superficial causam dor e inchaço, mais frequentemente nas pernas, mas a gravidade dos sintomas depende muito de acordo com o tipo e localização da veia acometida. O tratamento mais frequentemente realizado para o entupimento venoso (trombose venosa) é, portanto, a anticoagulação, com o intuito primário de evitar sua pior complicação que é a emboliza pulmonar. Em alguns casos específicos pode ser indicado a fibrinólise, com o objetivo de desentupir a veia e evitar uma complicação a longo prazo, que se chama síndrome pós trombótica. As varizes podem ocorrer pela síndrome pós trombótica, mas não são caracterizadas pelo entupimento das veias, e, sim a insuficiência venosa.
Agora, quando falamos entupimento de veias genericamente, podemos estar querendo dizer "entupimento arterial", ou seja, do sistema vascular responsável por levar o sangue do coração aos órgãos e membros, e, nesse caso, estamos falando de outras entidades que podem causar dificuldade na progressão desse sangue de alta pressão, sendo, mais frequente (>90% dos casos) a aterosclerose. A aterosclerose ocorre lenta e paulativamente, aumentando a espessura da parede das artérias e levando a um estrangulamento, ou fechamento dessas artérias, de moso que o sangue arterial, cheio de oxigênio, não chega aonde deveria, e os órgãos ou membros passam a sofrer com a falta de oxigênio. As áreas mais acometidas com a aterosclerose são: o coração e suas coronárias (podendo levar ao infarto), carótidas (podendo levar ao AVC) e membros inferiores (podendo levar à claudicação). O tratamento varia muito dependendo do local acometido, mas sempre inclui o controle dos fatores de risco, como parar de fumar, controle da pressão arterial, controle da diabetes e outras comorbidade, dieta adequada, exercício fisico sob observação médica e, em alguns casos as cirurgias podem ser necessárias.
Outra possibilidade seria o entupimento de um vaso linfático, que é menos comum, mas pode acontecer. A obstrução linfática mais frequentemente está associada à lesões e traumas, podendo ocorrer, por exemplo após cirurgias (cirurgia de câncer de mama é bem frequente quando se faz o esvaziamento linfático), ou mesmo após infecções (celulite ou erisipela). O tratamento consiste na compressão elástica ou inelástica.
Então, quando falamos entupimento, pode ser de qualquer estrutura tubular que leve ou traga alguma substância dentro do nosso corpo, se quisermos ser precisos e for referente ao sistema vascular, é necessário falar se é arterial, linfático ou venoso. As doenças são bem diferentes entre si, e com tratamentos mais diferentes ainda. É óbvio que as doenças podem aparecer concomitantemente, e pode ocorrer por exemplo as úlceras mistas, onde há o acomentimento venoso, arterial e até mesmo linfático.
 
 

Average: 5 (2 votes)

Autor

Prof. Dr. Alexandre Amato: Cirurgião Vascular em São Paulo

Prof. Dr. Alexandre Amato
Cirurgião Vascular, Endovascular e Ecodoppler
Tratamento de varizes com laser(11) 5053-2222
Tudo sobre varizes e doenças vasculares
vascular.pro
Clínica de Cirurgia Vascular: Tratamento de VarizesAv Brasil, 2283, São Paulo, SP
FacebookTwitterYoutubeLinkedin

 

Amato, ACM. Cirurgia Vascular: O que você não pode ignorar. 1ª. edição. 2017
Amato, ACM. Procedimentos Médicos: Técnica e Tática. 2ª edição. 2016. Roca 
Amato, MCM. Manual do Médico Generalista na era do conhecimento. 2014. Roca