De volta ao topo

Saúde digna para todos, é o que os médicos desejam.

saude vascular
saude vascular

Com todas as manifestações no Brasil, e, agora voltadas para a área da saúde sentimo-nos obrigados a alertar a todos que o objetivo dos médicos é apenas saúde com qualidade para todos. Apesar de toda propaganda contrária do governo (com dinheiro pago pelo seu imposto), os médicos querem apenas dignidade no trabalho e condições de exercer a profissão com o máximo de qualidade possível. O Conselho Federal de Medicina publicou carta aberta à população (leia, é interessante). 

A intransigência do governo associada à maquina de apagar incêndios encontrou como solução eleitoreira a importação de médicos extrangeiros sem revalidação do diploma como solução. Solução esta que apenas solucionará a falta de emprego nos países doadores. A criação de uma medicina de baixa qualidade segregará mais ainda a população e criará a medicina dos ricos e a medicina do pobre. Logo em seguida resolveram que aumentar a formação do médico brasileiro em dois anos e obrigá-lo a trabalhar onde falta profissional também resolverá o problema. A classe médica há anos alerta para a falta de infra estrutura e contínua piora da gestão, apesar disso, com nossos pedidos ignorados, trabalhamos incansavelmente para atender a todos. O estudo da saúde cabe aos profissionais da mesma, porém as decisões não estão sendo tomadas baseadas nas necessidades da mesma, ou mesmo nas necessidades da população. As decisões estão sendo tomadas para "apagar o fogo" das manifestações, visando um reeleição próxima.

Um país onde a lei diz que "a saúde é direito de todos e um dever do estado", a simples existência de um sistema de saúde suplementar, leia-se "convênios", é a maior prova de que o estado não cumpre com o seu dever.

E você que tem convênio ou seguro saúde, lembre-se que você paga pela saúde duas vezes, a primeira com seus impostos, e, provavelmente não usa ou nunca usou o SUS por não confiar no sistema. Saiba que com todas essas manifestações, desvio de atenção do governo e medidas tomadas, os únicos beneficiados são as empresas de convênio médico, que terão mão de obra mais barata e poderão oferecer menos ainda que continuarão melhores que o SUS. 

Todos os brasileiros serão afetados negativamente pela medidas que estão sendo tomadas, mesmo aqueles que não dependem do SUS. Portanto este é um assunto que interessa a todos. 

Todos aqui já dedicaram ou ainda dedicam anos de suas vidas ao atendimento do SUS, todos aqui já passaram por situações críticas de falta de material, exames, leitos e infra estrutura. Todos aqui já tomaram decisões difíceis por falta de infra estrutura. Todos aqui já estiveram em situações onde não puderam ajudar alguém simplesmente por falha do sistema. E todos, infelizmente, já viram fatalidades por falha de gestão. Médico não é mágico. Na era da medicina baseada em evidências, para as melhores decisões serem  tomadas são necessários gastos com exames, medicamentos e infra-estrutura. A medicina é cara, o médico é barato. Colocar um médico para trabalhar sem condições é voltar ao xamanismo.

O Brasil precisa de saneamento básicoeducação, e saúde. E, para isso, é preciso de uma coisa que todos esquecem: ética. Acabando com a corrupção, e com o jeitinho brasileiro, quem sabe haverá dinheiro para investir nas áreas que mais necessitam. Mas o exemplo tem que vir de cima. Tem que haver uma limpeza ética geral. O médico não pode ser responsabilizado e crucificado pelas mazelas da saúde numa situação criada por anos e anos de completa marginalização política da saúde. Assim como a população não pode receber migalhas de saúde apenas nas vésperas eleitoreiras. O Brasil precisa de um plano sólido e consistente de saúde, o que é apresentado repetidamente pela classe e entidades médicas, mas ignorado constantemente pelo governo por motivos marketeiros.

Enquanto você não se sensibilizar pela causa médica, continuará sendo manipulado a dar seus votos a quem oferecer migalhas à população, e continuará pagando o convênio e SUS ao mesmo tempo. E consequentemente terá que se contentar com menos.

About the author
Prof Dr Alexandre Amato
Doutor em Ciências pela USP
Professor de Cirurgia Vascular da UNISA
Especialista em Cirurgia Vascular e Endovascular pela SBACV
Especialista em Ecografia Vascular pelo CBR

Autor

Prof. Dr. Alexandre Amato: Cirurgião Vascular em São Paulo

Prof. Dr. Alexandre Amato
Cirurgião Vascular, Endovascular e Ecodoppler
Tratamento de varizes com laser(11) 5053-2222
Tudo sobre varizes e doenças vasculares
vascular.pro
Clínica de Cirurgia Vascular: Tratamento de VarizesAv Brasil, 2283, São Paulo, SP
FacebookTwitterYoutubeLinkedin

 

Amato, ACM. Cirurgia Vascular: O que você não pode ignorar. 1ª. edição. 2017
Amato, ACM. Procedimentos Médicos: Técnica e Tática. 2ª edição. 2016. Roca 
Amato, MCM. Manual do Médico Generalista na era do conhecimento. 2014. Roca