De volta ao topo

Aneurisma de Artéria Esplênica

Marque já sua consulta com o vascular

Aneurisma de artéria esplênica

O Aneurisma de artéria esplênica consiste na dilatação da artéria que nutre o baço. Pode ocorrer por diversas causas associadas, incluindo a exposição ao hormonio feminino. Por isso, a frequencia é maior nas mulheres do que nos homens. Outras doenças que podem contribuir são a fibrodisplasia, a aterosclerose, a pancreatite a poliarterite nodosa e o trauma. O risco de ruptura é de 10%, porém em gestantes consiste em 20 a 50% dos aneurismas viscerais rotos. Quando a ruptura ocorre na gestação a mortalidade materna é de 70% e fetal de 75%. A ruptura é catastrófica, com 36% de mortalidade. Muitos não apresentam sintoma nenhum e são achados em exames.

Existem vários tratamentos, que devem ser avaliados pelo seu cirurgião vascular e endovascular.

  • Observação e acompanhamento
  • Correção por cirurgia aberta
  • Correçao por cirurgia endovascular

E isso depende do quê?

  • Do tamanho
  • Da localização
  • Dos riscos e comorbidades
  • Do tipo
  • Da forma (sacular, fusiforme)

Por isso é essencial o acompanhamento com o especialista: o cirurgião vascular.




Autor: Prof. Dr. Alexandre Amato

Average: 3 (1 vote)

Marque já sua consulta com o vascular

Autor

Prof. Dr. Alexandre Amato: Cirurgião Vascular em São Paulo

Prof. Dr. Alexandre Amato
Cirurgião Vascular, Endovascular e Ecodoppler
Tratamento de varizes com laser(11) 5053-2222
Tudo sobre varizes e doenças vasculares
www.vascular.pro
Clínica de Cirurgia Vascular: Tratamento de VarizesAv Brasil, 2283, São Paulo, SP
FacebookTwitterYoutubeLinkedin

 

Amato, ACM. Cirurgia Vascular: O que você não pode ignorar. 1ª. edição. 2017
Amato, ACM. Procedimentos Médicos: Técnica e Tática. 2ª edição. 2016. Roca 
Amato, MCM. Manual do Médico Generalista na era do conhecimento. 2014. Roca