Síndrome de Nutcracker (ou Quebra-Nozes)

Síndrome de Nutcracker
()

Síndrome de Nutcracker (ou Quebra-Nozes)

2020-04-20 22:28:00
()
A Síndrome de Nutcracker (Quebra-Nozes) tem tratamento. A Síndrome de Nutcracker, também conhecida como Síndrome de Quebra-Nozes é a compressão da veia renal esquerda pela aorta e pela artéria mesentérica superior. Tem esse nome porque parece que a artéria esmaga a veia renal como um quebrador de nozes mesmo, veja as imagens, e é diferente da estenose da artéria renal. Essa compressão ocasiona uma congestão sanguínea na veia renal esquerda e consequentemente vários sintomas:
  • Síndrome da Congestão Pélvica, com varizes pélvicas;
  • Hematúria, ou seja, sangue na urina;
  • Dor no flanco esquerdo, ou seja na parte esquerda do abdome;
  • Varicocele esquerda;
  • Proteinúria ortostática, ou seja, perda de proteína na urina quando muito tempo de pé;
  • fadiga crônica, ou seja, cansaço.
Existem vários tratamentos, que devem ser avaliados caso a caso. Desde o tratamento cirúrgico aberto, como o autotransplante renal, ou a transposição da veia renal. Mais recentemente trabalhos tem demonstrado a possibilidade do uso de técnicas endovasculares com uso de stents. O cirurgião endovascular é o médico capacitado a fazer o acompanhamento e tratamento.    
Síndrome de Nutcracker: doença rara, mas fenômeno frequente
MGL, CJGR, NMM, MSG. Síndrome de quebra-nozes (nutcracker) em uma mulher jovem em investigação por quadro de hematúria recorrente: um relato de caso. J. Bras. Nefrol.  [Internet]. 2012  June [cited  2015  July  06] ;  34( 2 ): 195-198. Available from: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-28002012000200014&lng=en.  https://dx.doi.org/10.1590/S0101-28002012000200014.

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil…

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Anatomia:

Veia Renal Esquerda

Causa:

()
Compressão anatômica pela artéria mesentérica superior

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Sinais e sintomas:

()

dor lombar, alterações na urina

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Tratamentos possíveis:

()

Stent intravascular em veia renal esquerda, stent extravascular, bypass veia renal

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Complicações possíveis:

()

Trombose de Veia Renal Esquerda, falência renal esquerda, dor

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

nv-author-image

Alexandre Amato

O Dr Alexandre Amato é médico, professor de cirurgia vascular da Universidade de Santo Amaro (UNISA), e tem quatro especialidade médicas reconhecidas pelo MEC e respectivas sociedades: cirurgião geral, cirurgião vascular, angiorradiologista e ecografista. Formou-se na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e especializou-se em vários hospitais privados e públicos em São Paulo. Aprofundou-se em cirurgia vascular em Milão, no hospital San Raffaele da Università Vita-Salute. Quando voltou, fez seu doutorado em cirurgia cardiotorácica na Universidade de São Paulo (USP). Fundou a Associação Brasileira de Lipedema para divulgar conhecimento de qualidade às mulheres portadoras de Lipedema.