Termocoagulação: radiofrequencia criando calor e fechando veias

Termocoagulação

A radiofreqüência é uma onda eletromagnética com freqüência entre 30 mil e 3 milhões de ciclos/seg (30 KHz a 3000 KHz), ou seja, no espectro de freqüência das ondas de rádio. Na medicina, a radiofreqüência é produzida por geradores específicos, que conduzem o estímulo até um eletrodo. Estes eletrodos são acoplados a agulhas especiais, recobertas por material não condutor em quase toda sua totalidade, com exceção de sua ponta, local onde irá ocorrer a ação desejada. A indicação de seu uso deve ser feita por médico especializado.

 

 

Se você tiver interesse em saber mais sobre a técnica de termocoagulação para tratamento de vasinhos, veja no site do próprio aparelho fotos antes e depois. ou esse video criado pela empresa.

nv-author-image

Dr. Alexandre Amato

O Dr Alexandre Amato é médico, professor de cirurgia vascular da Universidade de Santo Amaro (UNISA), e tem quatro especialidade médicas reconhecidas pelo MEC e respectivas sociedades: cirurgião geral, cirurgião vascular, angiorradiologista e ecografista. Formou-se na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e especializou-se em vários hospitais privados e públicos em São Paulo. Aprofundou-se em cirurgia vascular em Milão, no hospital San Raffaele da Università Vita-Salute. Quando voltou, fez seu doutorado em cirurgia cardiotorácica na Universidade de São Paulo (USP). Fundou a Associação Brasileira de Lipedema (www.lipedema.org) para divulgar conhecimento de qualidade às mulheres portadoras de Lipedema.