Back to Top

Repouso relativo na cirurgia de varizes. O que é isso?

Repouso relativo
Repouso relativo

No pós operatório da cirurgia de varizes é necessário fazer um repouso relativo... mas o que é esse repouso relativo?

 
 
 
---transcrição --
 [00:00:00] Olá sou Dr. Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato e hoje vou falar um pouquinho sobre o pós operatório da cirurgia de varizes e o famoso repouso relativo. Que o próprio nome diz sendo relativo dá margem a interpretações diferentes. Então, em primeiro lugar, sempre siga as orientações pós operatórias do seu médico. Quem a operou. Primeiro porque existem grandes variações nas técnicas cirúrgicas então não sei qual que foi realizada no seu caso e aqui eu vou falar da cirurgia com endolaser que é a cirurgia com laser por dentro da veia que é feita com anestesia local e sedação. Então vamos lá, um princípio geral de todas as cirurgias aqui ficar imobilizado ficar acamado por muito tempo é igual a risco de trombose. Então a mobilidade precoce voltar a se movimentar é sempre desejável a não ser que haja um impedimento para isso e se houver é necessário fazer algum outro meio de prevenção profilaxia de uma trombose desde medicação anticoagulante até o uso de meia elástica ou a bomba de compressão pneumática. Então, falando do repouso o ideal é sempre evitar ficar imóvel parado deitado na cama após uma cirurgia de varizes. Então quanto que eu posso caminhar quando eu posso voltar a caminhar. Então no caso da cirurgia com o laser, recuperação rápida com sedação anestesia local e sedação anestesia local não há necessidade de ficar imóvel na cama e no pós operatório. Deve-se voltar a caminhar o mais precocemente possível fazendo as atividades diárias normais. Obviamente no dia seguinte da cirurgia não vai correr uma maratona não vai fazer uma academia correr 10 km na esteira. 
 
 [00:01:55] O ideal é retornar às atividades normais lenta e progressivamente com uma semana já deve estar bem próximo das atividades normais. Até quanto que eu posso fazer. Normalmente o corpo avisa então se sentir alguma dor se sentir algum incômodo é o corpo avisando que alguma coisa está errado você exagerou um pouquinho. Então nessa hora deve se fazer um repouso e deitar. Colocar a perna pra cima e aguardar um pouquinho fazendo essas orientações muitas vezes não é nem necessário o uso de medicamento para a dor no pós operatório. Então, sempre que possível voltar às atividades normais lenta e progressivamente. Usar meia elástica que dá uma segurança é também é um fator de proteção da trombose venosa profunda. E... Regra não negociável: Seguir as orientações do SEU médico que se forem diferentes da minha podem estar baseadas em alguma outra técnica que foi realizada e não necessariamente na cirurgia com laser com sedação e anestesia local. Gosta dos nossos vídeos das nossas orientações? Clica no Sininho aqui. Assine os nossos vídeos receba informação assim que ela foi publicada. Curta nosso nosso vídeo. Compartilhe. Muito obrigado. Até a próxima.
About the author
Prof Dr Alexandre Amato
Doutor em Ciências pela USP
Professor de Cirurgia Vascular da UNISA
Especialista em Cirurgia Vascular e Endovascular pela SBACV
Especialista em Ecografia Vascular pelo CBR

Autor

Prof. Dr. Alexandre Amato: Cirurgião Vascular em São Paulo

Prof. Dr. Alexandre Amato
Cirurgião Vascular, Endovascular e Ecodoppler
Tratamento de varizes com laser(11) 5053-2222
Tudo sobre varizes e doenças vasculares
vascular.pro
Clínica de Cirurgia Vascular: Tratamento de VarizesAv Brasil, 2283, São Paulo, SP
FacebookTwitterYoutubeLinkedin

 

Amato, ACM. Cirurgia Vascular: O que você não pode ignorar. 1ª. edição. 2017
Amato, ACM. Procedimentos Médicos: Técnica e Tática. 2ª edição. 2016. Roca 
Amato, MCM. Manual do Médico Generalista na era do conhecimento. 2014. Roca