Nutrição nas doenças da gordura

Dieta para lipedema
()

Exercício em combinação com uma dieta saudável é o ponto de partida para o tratamento de pessoas com desordens relacionadas à gordura.

Como 70% do sistema linfático do corpo está no intestino, é vital encontrar o plano de nutrição ou “dieta” que trabalhe para reduzir a inflamação. Especialistas em desordens relacionadas à gordura enfatizam o valor dos alimentos anti-inflamatórios tanto no manejo do desconforto associado ao lipedema quanto na doença de Dercum e manter um nível de energia e um peso saudável. Acredita-se que uma dieta ocidental tradicional leve ao acúmulo excessivo de tecido adiposo branco e ao potencial aumento de endotoxinas e inflamação.

Alguns pacientes que reduziram a ingestão de açúcares simples, produtos lácteos, carne e glúten e aumentaram a ingestão de vegetais folhosos, frutas coloridas e alimentos ricos em ácidos graxos ômega-3 (por exemplo, salmão, nozes, óleo de linhaça), relataram níveis mais altos de energia, redução da inflamação e melhores respostas ao exercício e controle da dor em geral.

Para pessoas propensas a reter fluidos através de edemalipedema ou linfedema, NÃO DESISTA se as melhorias da sua nova dieta não forem imediatamente óbvias. Pode levar vários meses para ser razoavelmente rigoroso com a sua dieta e com exercícios antes de começar a sentir os efeitos.

Aprenda a maneira correta e prática de identificação dos alimentos pró inflamatórios no Livro: Dieta Anti-Inflamatória Estratégica.

Os pacientes relataram melhorias, incluindo:

  • menos dor
  • menos inflamação
  • mais mobilidade
  • menos fadiga
  • menos peso

O livro americano (em inglês) mais abrangente sobre nutrição abordando lipedema e linfedema: Linfedema e Lipedema Guia Nutricional: alimentos, vitaminas, minerais e suplementos. por Chuck Ehrlich, Emily Iker, MD, Karen Louise Herbst , PhD, MD, Linda-Anne Kahn. CMT, CL T- LANA, Dorothy D. Sears, PhD. Mandy Kenyon, MS, RD, CSSD e Elizabeth McMahon, PhD

Agora, o melhor livro nacional sobre dieta anti-inflamatória e sua abordagem para pacientes com lipedema e outros sintomas inflamatórios é o Livro: Dieta Anti-Inflamatória Estratégica. Amato. ACM. 2020

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

nv-author-image

Alexandre Amato

O Dr Alexandre Amato é médico, professor de cirurgia vascular da Universidade de Santo Amaro (UNISA), e tem quatro especialidade médicas reconhecidas pelo MEC e respectivas sociedades: cirurgião geral, cirurgião vascular, angiorradiologista e ecografista. Formou-se na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e especializou-se em vários hospitais privados e públicos em São Paulo. Aprofundou-se em cirurgia vascular em Milão, no hospital San Raffaele da Università Vita-Salute. Quando voltou, fez seu doutorado em cirurgia cardiotorácica na Universidade de São Paulo (USP). Fundou a Associação Brasileira de Lipedema para divulgar conhecimento de qualidade às mulheres portadoras de Lipedema.

1 comentário em “Nutrição nas doenças da gordura”

  1. Pingback: Nutrição nas doenças da gordura | Dicas de saúde

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.