Aneurisma de aorta

  • admin-amato 
  • 1 min read
Congresso de Aneurisma
()

Quais os sintomas associados aos aneurismas da Aorta Abdominal

A maior parte das pessoas não sente quaisquer sintomas que possam indicar a existência de um Aneurisma na Aorta Abdominal. Durante um exame físico de rotina, um médico poderá notar ou sentir algo a pulsar na parte central ou inferior do abdômen do doente. No entanto, a maioir parte dos aneurismas são identificados durante exames de diagnóstico imagiológico (como por exemplo, uma ecografia) realizados por outros motivos.

 

Quais os fatores de risco que podem contribuir para o aparecimento do AAA

Os Aneurismas da Aorta Abdominal afetam, principalmente, pessoas com mais de 65 anos de idade e são mais comuns no sexo masculino. Outros fatores de risco incluem o tabagismo, diabetes, arterosclerose, colesterol elevado, hipertensão e doença cardiovascular.

Finalmente um doente com histórico familiar de AAA apresenta um risco maior e deverá falar e deverá falar com o seu médico sobre este fato.

 

Quando deverá consutar um médico

Se tem um ou mais dos fatores identificados fale com o seu médico.

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

nv-author-image

Alexandre Amato

O Dr Alexandre Amato é médico, professor de cirurgia vascular da Universidade de Santo Amaro (UNISA), e tem quatro especialidade médicas reconhecidas pelo MEC e respectivas sociedades: cirurgião geral, cirurgião vascular, angiorradiologista e ecografista. Formou-se na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e especializou-se em vários hospitais privados e públicos em São Paulo. Aprofundou-se em cirurgia vascular em Milão, no hospital San Raffaele da Università Vita-Salute. Quando voltou, fez seu doutorado em cirurgia cardiotorácica na Universidade de São Paulo (USP). Fundou a Associação Brasileira de Lipedema para divulgar conhecimento de qualidade às mulheres portadoras de Lipedema.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.