fbpx

Causas de metrorragia. Sangramento do útero.

metrorragia - Fibroma uterino
()

Existe tratamento para sangramento uterino irregular: a embolização.

Metrorragia é a perda de sangue pelo útero durante o ciclo menstrual, fora do período de gravidez. Isso pode ocorrer por várias razões, incluindo desequilíbrios hormonais, inflamação do tecido uterino, problemas de coagulação, uso de medicamentos contraceptivos, entre outros. A metrorragia pode ser leve ou grave, dependendo da quantidade de sangue perdida e da frequência dos episódios. Em alguns casos, a metrorragia pode ser um sintoma de outra condição médica mais grave, como câncer uterino ou doença inflamatória pélvica. É importante consultar um médico se você tiver perda de sangue menstrual anormal ou se tiver sintomas de desconforto ou dor. O médico pode realizar exames para determinar a causa da metrorragia e escolher o tratamento adequado.

Sangramento uterino irregular que pode variar de gotas até hemorragias:

Causas de metrorragia:

  • Adenose vaginal – aumento do tecido glandular na parede da vagina.
  • Câncer ginecológico – tipo de câncer que ocorre nos órgãos reprodutivos femininos, como o útero, os ovários, o colo do útero e a vagina.
  • Cervicite – inflamação da cervix, que é a parte inferior do útero que se estende para o canal vaginal.
  • Endometriose – condição em que o tecido do revestimento do útero (endométrio) cresce fora do útero.
  • Endometrite – inflamação do tecido que reveste o útero (endométrio).
  • Hemorragia uterina disfuncional – perda de sangue pelo útero que ocorre de forma irregular, fora do período menstrual, e que não é causada por problemas estruturais ou outras condições médicas. Ela geralmente é resultado de desequilíbrios hormonais e pode afetar a qualidade de vida das mulheres.
  • Leiomioma uterino – também conhecido como mioma, é um tumor benigno formado por tecido muscular liso que cresce na parede do útero. Ele é um dos tipos mais comuns de tumores ginecológicos e geralmente não causa sintomas, mas pode causar sangramento menstrual anormal, dor abdominal e dificuldade para engravidar.
  • Pólipos endometriais – protuberâncias benignas que crescem na camada interna do revestimento do útero (endométrio). Eles podem ser simples ou complexos e podem ser detectados através de exames de rotina, como o exame de preventivo ginecológico. Os pólipos podem causar sintomas como sangramento menstrual anormal, cólicas e dor durante a relação sexual.
  • Drogas
    • Anticoagulantes – são medicamentos que ajudam a evitar a formação de coágulos sanguíneos. Eles são usados para prevenir ou tratar coágulos sanguíneos indesejáveis, como trombos e embolias, que podem ser perigosos para a saúde. Existem vários tipos de anticoagulantes, incluindo varfarina, heparina e novos anticoagulantes orais. Eles são usados em diferentes situações, como prevenção de coágulos em pessoas com fator de risco, tratamento de coágulos existentes e prevenção de coágulos durante ou após cirurgias. É importante seguir as orientações do médico e tomar os medicamentos corretamente para evitar efeitos colaterais indesejáveis.

Os principais sinais e sintomas da metrorragia são:

  • Perda de sangue pelo vagina fora do período menstrual, que pode ter diferentes características, como duração, quantidade e aspecto, diferentes do sangramento fisiológico normal;
  • Dor no baixo abdômen;
  • Febre;
  • Crescimento do abdômen;
  • Sinais de disfunções hormonais, como alterações no ciclo menstrual;
  • Anemia, que pode ser indicada por sinais clínicos e laboratoriais, se o sangramento for intenso e duradouro.

Como fazer o diagnóstico de metrorragia?

Para diagnosticar a metrorragia, o ginecologista geralmente realiza um exame físico e pode fazer perguntas sobre a intensidade e frequência da perda de sangue e o estilo de vida da pessoa. O médico também pode realizar exames complementares, como uma ultrassonografia para examinar a morfologia dos órgãos reprodutivos, exames de sangue e urina, e uma biópsia do endométrio para detectar possíveis anomalias ou alterações hormonais.

Como é o tratamento da metrorragia?

O tratamento da metrorragia é baseado na causa que está na sua origem. Em alguns casos, mudanças no estilo de vida podem ser suficientes para controlar a perda de sangue, enquanto em outros pode ser necessário fazer tratamentos hormonais. Se a metrorragia for causada por uma doença, o ginecologista pode encaminhar a pessoa para outro especialista, como um endocrinologista, para tratamento específico. O tratamento será definido pelo médico responsável de acordo com cada caso.

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

>
Scroll to Top
error: Alert: Content selection is disabled!!