Procurando Tratamento Estético para as pernas

  • admin-amato 
  • 3 min read
Pernas bonitas: estética também é importante
()

A maioria das mulheres adoraria ter lindas pernas que não mostram nenhum sinal de doença ou de envelhecimento.

Um bom tônus muscular, uma pele elástica e lisa e a ausência de veias varicosas, caracterizam pernas bonitas.

Por esta razão um dos mais frequentes motivos para homens e mulheres procurarem o tratamento para os vasinhos e veias varicosas é para melhorar o aspecto estético das pernas.

Sim, é verdade, tanto homens quanto mulheres procuram o tratamento estético das pernas. A sensação de confiança ao usar shorts ou roupa de piscina é uma das preocupações de adultos saudáveis. Alguns podem imaginar que seja vaidade, mas a aparência das pernas também é saúde.

À medida que você se resguarda de fazer atividades físicas por causa da aparência das pernas, isso vai comprometer também a sua saúde, além da qualidade de vida e de aspectos psicológicos.

O tratamento estético dos vasinhos e veias varicosas deve começar com uma consulta com o cirurgião vascular. O médico especialista na área. Existem muitas clínicas de estética onde fazem apenas o tratamento superficial, sem se preocupar com a doença adjacente, e muitas vezes a queixa estética é consequência da doença. Lembrando que a consulta inicial deve ser realizada para detectar alguma doença de base e insuficiências venosas que vão impedir o tratamento estético adequado e consequentemente vai ocorrer a recorrência dos vasinhos e veias varicosas.

Existem vários tratamentos excelentes para as veias, mas a chave para obter o melhor resultado está em determinar a causa do problema venoso. Se os seus vasinhos não estão associados a nenhuma doença venosa de base elas podem usualmente ser tratadas com uma injeção chamada escleroterapia, ou, para determinadas veias, o laser. A associação dos métodos, laser e crioescleroterapia, conhecida em nosso meio como CLaCs, permite tratar uma ampla gama de diferentes vasos.

Pesquisas mostram, no entanto, que a maior percentagem de homens e mulheres saudáveis que acreditam que tenham apenas veias estéticas nas pernas, podem estar, de fato, com doença venosa mais grave e que não foi detectada ainda.

Como ísso é possível? Como pode alguém não saber que tem um problema sério venoso?

A resposta é bem simples, a maioria dos problemas venosos aparecem lenta e gradualmente e as pessoas apenas notam essa modificação como sendo o envelhecimento natural, ou se acostumam com as mudanças. Dor nas pernas, fadiga muscular, cãibras, cansaço nas pernas, tudo isso pode ser atribuído ao envelhecimento ou a um longo dia de trabalho, mas muitas vezes pode ser consequência direta da doença venosa.

A boa notícia é que, quando identificada, a doença venosa crônica pode ser tratada, levando a uma melhora desses sintomas e à diminuição dos vasinhos e veias varicosas e da sua recorrência. O tratamento estético dos vasinhos e veias varicosas é altamente efetivo na eliminação desses vasos. O tratamento pode ser realizado em consultório com uma recuperação rápida.

Quando o tratamento é feito por um cirurgião vascular qualificado, com atuação na flebologia, isso aumenta as chances de ter um resultado estético bom e minimiza o risco de não detectar doença venosa mais grave, melhorando também as suas atividades diárias e qualidade de vida.

 

Autor: Prof. Dr. Alexandre Amato

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

nv-author-image

Alexandre Amato

O Dr Alexandre Amato é médico, professor de cirurgia vascular da Universidade de Santo Amaro (UNISA), e tem quatro especialidade médicas reconhecidas pelo MEC e respectivas sociedades: cirurgião geral, cirurgião vascular, angiorradiologista e ecografista. Formou-se na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e especializou-se em vários hospitais privados e públicos em São Paulo. Aprofundou-se em cirurgia vascular em Milão, no hospital San Raffaele da Università Vita-Salute. Quando voltou, fez seu doutorado em cirurgia cardiotorácica na Universidade de São Paulo (USP). Fundou a Associação Brasileira de Lipedema para divulgar conhecimento de qualidade às mulheres portadoras de Lipedema.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.