10 tabus no tratamento de varizes.

YouTube video
()

Ouviu falar do tratamento das varizes pela vizinha? Quer saber se é verdade ou não? Com tantos tratamentos por aí, no que acreditar? Dr Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato (www.amato.com.br) fala sobre essa doença que é tão frequente e tem tantos mitos nos tratamentos. Saiba o melhor tratamento. Brinde no final do video.

O Prof. Dr. Alexandre Amato é professor de cirurgia vascular da UNISA e chefe da cirurgia vascular do Instituto Amato (www.amato.com.br). Cirurgião Vascular e Varizes👨‍⚕Especialista em Lipedema, Doutor (PhD) pela USP🎓Médico Assist. Hosp. San Raffaele – Milão 2008 🇮🇹 Prof. da UNISA👨‍🔬📞11 50532222
Escreveu vários livros (https://www.amato.com.br/livros-medicos), e está dando esse de presente para você: http://bit.ly/HistoriaCirurgia, aproveite
Siga no Facebook: https://www.facebook.com/institutoamato/reviews
Instagram: https://www.instagram.com/dr.alexandreamato/
Twitter: https://twitter.com/alexandre_amato
LInkedIn: http://bit.ly/35KxJU3
WhatsApp: (11)933183661 ou pelo link http://bit.ly/2RchoCt

Estamos à disposição na Av Brasil, 2283. Tel 11 5053-2222 ou WhatsApp 11 93318-3661. Nosso site: www.amato.com.br

— transcrição —

Olá, sou doutor Alexandre Amato, cirurgião vascular do Instituto Amato, e hoje vou falar sobre 10 (dez) tabus do tratamento de varizes. Primeiro deles: as varizes voltam? Já fiz um vídeo sobre o assunto. A resposta curta é não! Não voltam, se for feito o tratamento adequado e retirar as veias que estão doentes. Agora, tratamentos que são feitos de forma inadequada. As veias podem acabar voltando. O que pode acontecer é que veias que são normais hoje, podem, por causa da genética, acabar evoluindo e ficar doentes no futuro. O primeiro primeiro tabu varizes voltam? não não voltam.

Segundo o tabu: “minha vizinha fez a cirurgia e não gostou do resultado, então não vou fazer!” Bom, é importantíssimo levantar essa questão, que um paciente não é igual ao outro e o objetivo de um paciente é diferente do objetivo de outro paciente. Então, varizes pode ter uma questão estética, pode ser uma questão de dor, pode ter uma questão de inchaço, e, talvez, uma pessoa esteja buscando estética, outra esteja buscando a melhora da dor. Em fases diferentes da doença. Ou numa fase em que tem pequenos vasinhos ou numa fase final, onde já tem manchas enormes. Então, é impossível comparar um paciente diretamente com outro paciente. A probabilidade de você ter uma vizinha com as varizes na mesma fase, na mesma situação, fazer o mesmo tratamento, com o mesmo resultado é muito baixa! Então, passem a avaliação com o seu cirurgião vascular, para ver qual é o melhor tratamento para você! Para o seu caso! E, discuta quais as várias possibilidades e quais resultados associados ao tratamento das pacientes que estão na sua fase, e com seu objetivo de tratamento.

Terceiro tabu: cirurgia de varizes precisa de um tempo muito prolongado de recuperação. Não é verdade! Com as técnicas atuais de laser, micro cirurgia, anestesia local e sedação, o tempo de recuperação é minúsculo. Então, o paciente faz a cirurgia às 9 horas da manhã, meio-dia / uma hora já está indo embora para casa com o uso da meia elástica. Já voltando gradativamente à vida normal, as atividades normais. Em uma semana já está quase fazendo tudo o que fazia antes. Então, aquilo que acontecia antigamente de um mês / dois meses de repouso não existe mais. Ou se existe é para algumas determinadas técnicas mais antigas. Então converse com seu cirurgião vascular, entenda quais as técnicas que ele está utilizando, se ele está utilizando as técnicas minimamente invasivas: de laser, de radiofrequência que tem uma recuperação muito melhor e mais rápida e, se está fazendo a sedação com anestesia local onde a recuperação é melhor.

Quarto tabu: as manchas que não somem. Quando a gente olha uma perna com varizes a gente vê manchas. Primeiro tem que entender o que são as manchas se elas são veias escuras por trás da pele que estão dando um aspecto mais escuro, ou se é a pele já manchada. Quando as veias estão deixando a pele mais escura, e essas veias são retiradas, e não há uma pigmentação da pele não há mancha então retirou a veia e esse local não vai ficar com uma mancha. Agora, se já havia uma mancha, já havia pigmentação no local, já tinha dermatite ocre, já tinham as complicações das varizes, a cirurgia das varizes eles pode até minimizar o impacto dessa coloração, mas, não vai fazer a mancha desaparecer. Depois é necessário um tratamento dermatológico pra aliviar essas manchas. Então, o tratamento das varizes vai diminuir essas manchas, principalmente quando não há ainda a pigmentação na pele.
Não perca essa dica! https://www.youtube.com/watch?v=SeJy7ycdcfM

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

nv-author-image

Alexandre Amato

O Dr Alexandre Amato é médico, professor de cirurgia vascular da Universidade de Santo Amaro (UNISA), e tem quatro especialidade médicas reconhecidas pelo MEC e respectivas sociedades: cirurgião geral, cirurgião vascular, angiorradiologista e ecografista. Formou-se na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e especializou-se em vários hospitais privados e públicos em São Paulo. Aprofundou-se em cirurgia vascular em Milão, no hospital San Raffaele da Università Vita-Salute. Quando voltou, fez seu doutorado em cirurgia cardiotorácica na Universidade de São Paulo (USP). Fundou a Associação Brasileira de Lipedema para divulgar conhecimento de qualidade às mulheres portadoras de Lipedema.