fbpx

Terapia com Laser Endovenoso (EVLT, ELA, ELT)

()

Terapia com Laser Endovenoso (EVLT) é relativamente um recente avanço no tratamento de varizes. Esta técnica foi desenvolvida inicialmente nos EUA no final da década de 1990. Aproximadamente 80% dos pacientes afligidos por varizes nos EUA agora estão sendo tratados por EVLT em vez da tradicional técnica de remoção cirúrgica. Esta tendência acontecendo também em outras nações desenvolvidas. No Brasil o laser ainda não é a realidade para a grande maioria da população.

A EVLT envolve a passagem de uma sonda de fibra ótica a laser através de pequeno orificio na perna por dentro da veia. A fibra (sonda) entra na veia através de uma pequena punção na pele, geralmente logo acima ou abaixo do joelho, ou mesmo na parte de trás da panturrilha, dependendo de qual veia está sendo tratada. A frequência exata (comprimento de onda do laser 980nm a 1470nm), emitida pelo laser é definida para alvejar especificamente apenas o tecido na parede da veia. 

Isso deliberadamente provoca danos irreparáveis na parede da veia. Para que haja uma tentativa do corpo para reparar este dano, e essa tentativa resulta na formação de retração e tecido cicatricial.  Durante as próximas semanas e meses, as varizes tratadas vão eventualmente sendo completamente substituídas por um cordão fibroso. Por sua vez, o tecido cicatricial redundante que compõe este cordão fibroso eventualmente é reabsorvido completamente, por um processo chamado apoptose.

A EVLT tornou a remoção cirúrgica tradicional (stripping) um procedimento obsoleto por várias razões:

  •  As taxas de recorrência de varizes após EVLT são inferiores ao procedimento cirúrgico porque o problema de “neovascularização” parece não ocorrer. 

Neovascularização é um processo onde novas veias vão crescendo como resultado de algum tipo de estimulação inflamatória após corte cirúrgico das varizes. Isso pode ser um problema mais grave quando a incisão é feita na virilha, ou atrás do joelho. 

A remoção cirúrgica tradicional envolve internação, anestesia geral, uma incisão de 4 a 6 cm no sulco da pele da virilha ou atrás do joelho, bem como várias incisões menores ao longo de todo o comprimento da perna. Portanto, há muito mais desconforto, bem como um tempo de recuperação mais prolongado. As feridas cirúrgicas “descascam” em seguida, exigem cuidados pós-operatórios e correm o risco de infecção. A cirurgia também aumento o risco de danos para os vasos linfáticos, artérias e nervos sensoriais superficiais, que fornecem sensações à pele.

A EVLT (laser) é um procedimento de consultório que normalmente pode ser concluído dentro de 60 minutos. É utilizada anestesia local, e isso permite que os pacientes permaneçam acordados e imediatamente comecem a andar após o procedimento. Isso significa que você pode ir para o tratamento sozinho e em seguida, seguir a sua caminhada, você pode ir para casa.

O desconforto após EVLT é geralmente menor e frequentemente os pacientes não precisam de qualquer medicação para aliviar a dor. Ocasionalmente pode haver desconforto moderado para a qual sempre é oferecido uma receita para analgesia, caso você queira exigir.

EVLT atualmente é o método preferido para a remoção de grandes varizes. Varizes muito tortuosas não são muito adequadas para tratamentos com “Laser” porque a fibra não passa facilmente em torno dos cantos destes tipos de veias, por isso a microcirurgia pode ser associada ao laser.

A EVLT não vai abolir afluentes de varizes abaixo do joelho. No entanto, um grande benefício da EVLT é que estes vasos distais, que muitas vezes podem ser enormes, esvaziarão rapidamente porque a fonte de pressão foi removida. Estas varizes distais até o ponto final do tratamento a laser também exigem a remoção já que elas estão doentes e continuarão a causar problemas para a circulação venosa. Estas varizes abaixo do joelho são, muitas vezes, o primeiro “problema” que avisa os pacientes para visitarem o seu médico em primeiro lugar. Escleroterapia guiada por ultrassom é o método mais comum de remover estas veias distais

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

>
Rolar para cima
× Precisa de ajuda? Fale conosco! Available from 08:00 to 20:30