fbpx

Quem é o angiologista?

O Angiologista
()

O angiologista é o especialista em doenças que atingem os seguintes sistemas do nosso organismo: sistema venoso, sistema arterial e sistema vascular. Ou seja, é um profissional que se dedica ao tratamento de diversos tipos de enfermidades, como aterosclerose, linfedema, trombose e colesterol alto, por exemplo. Vamos saber mais sobre a formação deste profissional e quando procurá-lo?

YouTube video

Angiologista: quem é este profissional

O angiologista é, primeiramente, um médico que demorou cerca de seis anos para concluir a graduação de Medicina. Para entrar na faculdade, teve que enfrentar uma seleção concorrida e muito difícil: o conhecido vestibular.

Durante a graduação, o angiologista se dedicou a formar toda a sua base teórica e, nos dois últimos anos, teve que passar pelo internato. O internato é uma vivência mais prática daquilo que foi visto em sala de aula.

Após esse período, o angiologista começou o que chamamos de residência médica, um período de trabalho e estudo intenso que leva até 4 anos para ser concluído. Antes disso, no entanto, ele teve que escolher uma área, no caso, a clínica médica, e passar por uma prova de seleção.

É neste momento que temos a primeira diferença entre o angiologista e o cirurgião vascular. Aquele que deseja se tornar um cirurgião vascular precisa, na hora de ingressar na residência, escolher a área da cirurgia geral.

O passo seguinte na formação do angiologista é a segunda residência médica, só que agora em Angiologia. Enquanto isso, o cirurgião vascular estará se especializando em Cirurgia Vascular.

O título de especialista é concedido pela SBACV (Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular) após as aulas e a prova final.

Além da graduação e das residências, temos também as subespecializações ofertadas pela SBACV para o profissional que deseja se qualificar e afunilar seus conhecimentos. Na angiologia, um exemplo é a angiorradiologia, que faz um tratamento mais invasivo com uso de raio-x, como o cateterismo, por exemplo.

Doenças tratadas pelo angiologista

Todas as doenças que afetam o sistema venoso, vascular e arterial podem ser tratadas pelo angiologista. Podemos citar:

Angiologista e Cirurgião Vascular: qual a diferença?

Se ambos os profissionais são especialistas em doenças de origem vascular, qual a diferença entre eles? Dois pontos bem específicos separam o angiologista e o cirurgião vascular. Veja com atenção a seguir:

  1. Formação

Enquanto o angiologista é primariamente especialista em clínica médica, a primeira especialização do cirurgião vascular é a cirurgia geral. Em seguida, temos a titulação emitida pela SBACV (Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular).

O angiologista recebe essa titulação após a realização de outro curso de especialização na área da angiologia. Já o cirurgião vascular também fez um curso de especialização, mas na área da cirurgia vascular.

Ambos os títulos são emitidos pela SBACV, após a realização de uma prova no final de cada curso.

  1. Atuação

O angiologista faz o tratamento clínico das doenças vasculares. Por outro lado, o cirurgião vascular faz o tratamento cirúrgico das mesmas doenças. Contudo, caso o angiologista tenha as duas especializações, ele poderá exercer as duas funções.

Já o cirurgião vascular está apto a tratar tanto clinicamente quanto cirurgicamente as doenças especificadas, uma vez que ele tem uma carga bastante completa de conhecimentos teóricos e práticos adquiridos ao longo da sua formação.

Tratamento clínico

O tratamento clínico é a atividade desempenhada pelo angiologista e inclui o diagnóstico da doença, a prescrição de medicamentos para a reabilitação da saúde vascular e a orientação quanto à importância dos hábitos saudáveis.

Tratamento cirúrgico

O tratamento cirúrgico é a atividade desempenhada pelo cirurgião vascular e inclui a realização de procedimentos cirúrgicos para a reabilitação da saúde vascular do paciente. Além disso, como vimos, este especialista também está apto a realizar o tratamento clínico e suas atividades citadas.

É importante deixar claro que o angiologista e o cirurgião vascular são médicos que trabalham em conjunto, combinando informações e atuações para garantir o melhor tratamento possível para o paciente.

Quando procurar um angiologista ou um cirurgião vascular?

O ideal é que a consulta com o seu angiologista aconteça de forma frequente. Os encontros regulares são fundamentais para a prática da Medicina preventiva, que tem o objetivo de reduzir o risco de instalação de uma doença, além de diagnosticá-la precocemente, algo crucial para o sucesso do tratamento.

Além disso, sempre que identificar algum sintoma relativo às doenças vasculares, é importante ir ao angiologista. Podemos listar os sinais mais comuns de problemas vasculares na região dos membros inferiores:

  • Dor e sensação de cansaço, mesmo em repouso;
  • Varizes;
  • Diminuição da temperatura dos membros inferiores;
  • Vermelhidão ou palidez;
  • Inchaço sem causa aparente;
  • Dor ao caminhar;
  • Formigamento;
  • Cãibras;
  • Ferimentos que não cicatrizam: as chamadas úlceras;
  • Uma perna mais inchada do que a outra;
  • Acúmulo de gordura apenas nos membros inferiores, etc.

Angiologista ou cirurgião vascular: qual médico procurar?

Quando o paciente sente algum desconforto e logo relaciona esse sintoma a uma doença vascular ele terá dúvidas sobre a quem deve recorrer, uma vez que ele não sabe se a doença exige uma intervenção cirúrgica ou não.

Então, o primeiro passo é procurar um clínico geral, relatar os sintomas e seguir as demais orientações repassadas por ele. Certamente, o clínico fará o encaminhamento ao profissional que ele acredita ser o ideal para o tratamento do problema.

De qualquer forma, caso o paciente procure diretamente o angiologista e seja identificado que o tratamento da doença requer uma intervenção cirúrgica, o profissional também fará o encaminhamento ao médico responsável, no caso, o cirurgião vascular.

Como vimos, o angiologista é o profissional formado em Medicina com especialização em clínica médica e também em angiologia. É dele a responsabilidade de diagnosticar e tratar de forma clínica as doenças que afetam os sistemas venoso, arterial e vascular. Já o cirurgião vascular trata das mesmas doenças mas de forma mais ampla, incluindo os procedimentos cirúrgicos. Caso não saiba a quem recorrer diante de uma necessidade médica de caráter vascular, procure um clínico geral e ele fará o encaminhamento para o especialista que melhor solucionará o seu caso.

Prof. Dr. Alexandre Amato

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

>
Rolar para cima
× Precisa de ajuda? Fale conosco! Available from 08:00 to 20:30