fbpx

Whey protein

whey protein - Nutriente
()

Está pensando em tomar Whey protein, mas está com dúvidas?

Veja nesse post tudo o que você precisa saber sobre Whey protein antes de começar a tomar.

O que é, para que serve, como tomar, benefícios e os melhores tipos.

Whey protein.

O Whey protein é um suplemento alimentar que ajuda a complementar a quantidade de proteínas que necessitamos ingerir diariamente.

Essas proteínas são extraídas do soro do leite e possuem alto valor biológico, além de serem proteínas que são bem absorvidas pelo corpo.

Além disso, essas proteínas são passadas por um processo de filtragem para remover as impurezas indesejáveis.

Para que serve?

O Whey protein possui aminoácidos, proteínas e uma alta concentração de cálcio, o que se torna excelente para a saúde dos ossos.

Além de tudo, ajuda no aumento da força e da massa muscular após a prática de exercícios físicos intensos.

Além disso, serve para auxiliar na recuperação muscular, na hipertrofia e na suplementação alimentar para quem possui déficit nutricional. Ademais, serve para atletas que não conseguem ingerir a quantidade de proteínas ideal para seu treino somente com a alimentação.

Como tomar Whey protein?

Para tomar o Whey protein deve-se dissolver preferencialmente em água para que sua absorção seja mais rápida.

Geralmente, se toma uma dose ao dia após a prática de exercícios físicos.

No entanto, não existe uma única forma de tomar Whey protein. Afinal, alguns fatores podem influenciar na dose e horários, principalmente suas metas. Nesse caso somente um nutricionista pode avaliar sua necessidade individual e indicar a melhor forma de tomar Whey protein para seu objetivo.

Alguns fatores que podem influenciar a quantidade ingerida são:

  • A saúde de quem vai ingerir.
  • O tipo de proteína recomendada.
  • A quantidade de ingestão de proteína diária.
  • O excesso de nutrientes ou a falta deles.
  • Sua rotina alimentar.
  • Sua idade.

Benefícios

Esses são alguns dos benefícios do Whey protein:

  • Ajuda no processo de cicatrização.
  • Previne o envelhecimento precoce.
  • Fortalece o sistema imunológico.
  • Controla a pressão sanguínea.
  • Possui ação antioxidante.
  • Aumenta a saciedade.
  • Ajuda a aumentar a imunidade.
  • Auxilia no processo de emagrecimento.

Melhores tipos de Whey protein.

Existem alguns tipos de Whey protein, no entanto, o melhor tipo vai depender do objetivo de cada pessoa.

Como dito anteriormente, a proteína passa por um processo de filtragem.

Quanto mais processos ele passa, mais quantidade de proteínas vai possuir, ou seja, mais concentrado.

Além disso, quanto mais eficaz for essa filtragem, melhor será o Whey protein. Por isso, existem tipos diferentes do suplemento.

São eles:

● Whey protein concentrado.

Esse tipo mantém os carboidratos, gorduras e minerais do leite, portanto, é mais indicado para iniciantes e intermediários na musculação.

Além disso, possui 70 a 80% de proteínas e sua absorção pelo organismo é mais lenta.

● Whey protein isolado.

Possui 90% de proteína, além disso, possui pouquíssima gordura e carboidratos.

Sua proteína é mais pura e é indicado para quem busca alta performance e rápida absorção pelo organismo.

Inclusive, geralmente os intolerantes a lactose se dão bem com esse tipo de Whey protein, já que esse tipo quase não possui lactose.

● Whey protein hidrolisado.

É o que tem absorção mais rápida pelo organismo.

Além disso, possui baixa quantidade de gorduras e carboidratos e 90% a 98% de proteína.

É mais indicado para atletas de alta performance.

Contraindicações.

O consumo de Whey protein é contraindicado em alguns casos, são eles:

  • Pessoas que tenham alergia a proteína do leite.
  • Quem atinge os níveis ideais de proteína com a alimentação.
  • Pessoas que possuem problemas renais ou restrições proteicas.

É crucial não ingerir nesses casos. Além disso, é elementar não consumir em excesso, já que mesmo que você não se encaixe no grupo das contra indicações, o consumo em excesso pode ser prejudicial.

Por exemplo, pode causar acnes, problemas renais, desconforto abdominal, náuseas, gases, perda de apetite e dores de cabeça.

Isso ocorre, pois, o consumo em excesso do suplemento alimentar desregula o funcionamento do organismo.

Ademais, para pessoas que já possuem predisposição a ter acnes, pode não ser recomendado. Afinal, suplementos que possuem alto teor glicêmico ou ricos em laticínios podem favorecer o surgimento da acne.

Por esse motivo e, principalmente se as acnes são algo que te incomodam muito, o ideal é procurar um médico ou nutricionista. Eles serão capazes de te sugerir outro suplemento alimentar rico em proteínas, por exemplo, suplementos derivados de clara de ovo.

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

>
Scroll to Top
error: Alert: Content selection is disabled!!