fbpx

Como diminuir as veias das pernas?

Diminuir as veias das pernas
()

Quem sofre com varizes está sempre em busca de técnicas para diminuir as veias das pernas e eliminar de vez o desconforto estético que elas provocam, além do cansaço, da dor e da sensação de peso constante. A seguir, você vai saber o que pode fazer para reduzir essas veias, quais tratamentos são eficazes e o que você pode fazer para se ver livre desse problema.

Varizes: definição e sintomas

As varizes são veias doentes que sofrem com insuficiência venosa. Ou seja, o sangue não circula corretamente, ficando represado nas pernas e gerando veias com as características que você conhece: saltadas, bastante visíveis, tortuosas e dilatadas.

A grande maioria das varizes têm origem genética, ou seja, possuem um fator hereditário que impede que elas sejam eliminadas por completo da vida da paciente. Porém, há tratamentos que podem fazer um excelente controle do problema.

Quem mais sofre com as varizes são as mulheres por causa da ação muito frequente dos hormônios nesse grupo, especialmente durante a fase da gravidez. Apesar da baixa frequência, os homens também podem apresentar problemas de varizes nas pernas.

Os principais sintomas das varizes são:

Quando estão em estágio mais avançado, as varizes também podem causar ressecamento na pele, mudança de tonalidade e úlceras de difícil cicatrização.

As varizes são um problema crônico e acompanham toda a vida da mulher. Apesar de ser benigno, precisa ser tratado por um especialista em doenças vasculares para evitar as complicações como a formação de trombos, ferimentos e outros.

É possível diminuir as veias das pernas?

Sim, é possível diminuir as veias das pernas desde que a pessoa afetada busque o tratamento necessário para o seu caso. Existem no mercado alguns medicamentos que prometem eliminar as varizes, entretanto, o que eles fazem, de fato, é aliviar os sintomas e não a doença em si.

Como vimos, as varizes são de origem genética e não existe ainda nenhum tratamento que possa mudar a genética de uma pessoa para que ela não venha mais sofrer com veias doentes.

Além de um tratamento de qualidade, existem também algumas recomendações indicadas para evitar o surgimento das varizes, antes e depois do tratamento, ou aliviar os seus sintomas. Para isso, é preciso ficar atento aos fatores de risco da doença, sobre os quais falaremos mais adiante.

Como tratar as varizes?

A microcirurgia e o uso do laser, de forma associada, é uma das técnicas mais apropriadas para combater as varizes.

Microcirurgia

Na microcirurgia, são realizados minúsculos furinhos na perna da paciente e, com a ajuda de um extrator, os vasos são retirados. Todo o procedimento é realizado com anestesia local, em ambiente hospitalar e o paciente fica internado por algumas horas.

Aproveitando a anestesia, o médico também pode fazer a aplicação da escleroterapia. Nessa técnica é injetada uma substância química que esclerosa a veia doente, obstruindo-a e evitando que ela receba sangue das veias nutridoras. Com isso, a veia doente desaparece.

Laser e escleroterapia

A microcirurgia também pode ser associada ao laser. Nessa situação, após o procedimento inicial de retirada das veias prejudicadas, o paciente retorna ao médico em algumas semanas para avaliar o resultado.

Havendo ainda a presença de algumas varizes, estas são tratadas com a escleroterapia e com a ajuda do laser para potencializar os resultados.

A microcirurgia é um tratamento eficiente, com ótima recuperação do paciente, deixa poucos hematomas e quase nenhuma dor. Em algumas horas o indivíduo já pode realizar as suas tarefas habituais.

Portanto, se você deseja diminuir as veias das pernas, não há alternativa a não ser procurar um cirurgião vascular e iniciar um tratamento para a remoção dessas varizes. É um procedimento rápido, indolor e que devolve a qualidade de vida para quem sofre com o problema.

YouTube video

 

Fatores de risco e como evitar varizes

Como falamos anteriormente, existem algumas situações que favorecem o surgimento ou agravamento das varizes. Veja a seguir quais são e o que fazer para lidar com eles.

Sexo feminino

As mulheres são as mais afetadas pelas varizes por causa de fatores hormonais. Portanto, o que deve ser feito é ficar mais atento aos sinais e buscar ajuda médica logo que perceber alguma alteração nas pernas indicando varizes.

Sobrepeso

O excesso de peso influencia diretamente no surgimento das varizes porque a gordura em grande quantidade aumenta a pressão sobre as veias e dificulta a circulação sanguínea. Além disso, o sobrepeso exige um esforço físico maior das pernas, o que eleva ainda mais os sintomas da doença.

Sedentarismo

A falta de exercício físico dificulta a perda de peso e também prejudica a circulação sanguínea, especialmente na região das pernas, o que é essencial para o combate às varizes. A recomendação é a prática diária de atividade física, sem necessidade de grandes esforços.

Aliás, uma prática que não pode faltar é o estímulo da panturrilha. Essa parte da perna é que faz o bombeamento do sangue na região dos membros inferiores e precisa ser exercitada todos os dias.

Ficar muito tempo em pé

Nos membros inferiores, o sangue circula de baixo para cima, ou seja, da região das pernas em direção ao coração. Quando o indivíduo passa muito tempo em pé ou em outra posição que não favoreça a circulação, o sangue fica represado e as chances das varizes surgirem aumentam.

Por isso, é importante evitar essa prática, procurando sentar-se de vez em quando e elevar as pernas, se possível. Além de favorecer a circulação, ter esse cuidado evita a pressão exercida sobre as pernas e alivia o cansaço no final do dia.

Outra dica importante, aliás, é elevar as pernas antes de dormir, pelos motivos já citados. É uma posição que estimula e facilita a circulação sanguínea na região, fundamental para uma perna saudável.

Histórico familiar

O fator genético da doença faz com que pessoas que tenham casos de varizes na família sejam mais atingidas futuramente com a doença. Portanto, esse é um fator que deve servir de estímulo para uma consulta com um médico vascular.

Essas são as recomendações para quem deseja diminuir as veias das pernas de uma forma segura, realmente eficaz e em pouco tempo. A microcirurgia é um procedimento rápido, cada dia mais aperfeiçoado e com resultados extremamente satisfatórios. Aliado a isso, é fundamental manter hábitos saudáveis no dia a dia, eficazes não só para evitar varizes, mas para garantir uma vida com mais qualidade.

 

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

>
Rolar para cima
× Precisa de ajuda? Fale conosco! Available from 08:00 to 20:30