fbpx

O que é um médico vascular?

Médico cirurgião vascular
()

Você sabe o que é um médico vascular e qual o caminho que ele percorreu para alcançar esse posto e essa titulação? Hoje, falaremos um pouco sobre toda a trajetória do médico e cirurgião vascular, desde a graduação até as especializações. Veremos também por que é importante que o médico esteja atualizado constantemente dentro do seu ramo de atuação e como isso pode interferir na escolha do paciente na hora em que ele precisa tratar de alguma doença vascular.

Sumário

 

Como é a formação do Médico Cirurgião Vascular

A formação do médico vascular começa quando ele decide que quer cursar medicina na faculdade e, para isso, se prepara para o vestibular de uma instituição de ensino superior que oferta o curso. Os vestibulares para as faculdades de medicina são sempre muito concorridos e, para conseguir uma vaga, é preciso muita dedicação.

Graduação e Internato

A graduação do médico vascular dura cerca de seis anos. Na graduação, o médico vai formar toda a sua bagagem teórica, aprendendo nos livros e com os professores, tudo relacionado às doenças humanas, seus sintomas e tratamentos.

Esses seis anos da graduação são divididos em quatro anos na faculdade de medicina e os dois últimos anos no internato, dentro do hospital, já cuidando dos pacientes e de suas doenças. Nessa fase, o médico é chamado de interno.

 

Residência em Cirurgia geral

Após o internato, vem a residência que é outro período em que o médico já atua dentro do hospital, dessa vez se dedicando à cirurgia geral. O período de residência na cirurgia geral dura entre 2 e 4 anos e o médico também é avaliado mediante uma prova final.

Nessa fase da residência, o médico já começa a buscar a sua subespecialização. Ou seja, ele já começa a decidir sobre qual área deseja atuar após a formação completa. Quem deseja atuar como cirurgião vascular precisa fazer a residência médica na cirurgia geral. Já quem deseja se tornar um angiologista, pode fazer a residência na clínica médica.

Após essa fase, o médico já tem a formação em cirurgia geral, concluída ao final da residência, e já pode tratar doenças como hérnia, hemorroidas, apendicite e outras doenças abdominais.

 

Residência em Cirurgia Vascular

A segunda residência que o médico tem que enfrentar para se tornar um médico vascular é a residência em cirurgia vascular que também dura entre 2 e 4 anos, com mais uma prova no final desse período.

Esse momento é bem mais dedicado à subespecialidade da cirurgia vascular. Ou seja, o médico está especificando mais ainda as doenças com as quais ele deseja lidar enquanto médico e já está se qualificando bastante com as experiências.

Nessa fase, ele vai tratar doenças vasculares que envolvem o sistema arterial, o sistema venoso e o sistema linfático. No sistema arterial, algumas doenças comuns são a aterosclerose, o aneurisma e as estenoses.

As doenças venosas mais comuns do sistema venoso são as varizes e a trombose. Por fim, o sistema linfático apresenta as doenças linfáticas como o linfedema e a erisipela.

 

Subespecialização

Após passar pela graduação, internato, residência em cirurgia médica e pela residência em cirurgia vascular, o profissional já é médico, já é cirurgião geral e cirurgião vascular. Agora ele também pode se subespecializar em:

  • Cirurgia endovascular: nesta especialização, o médico aprende os tratamentos mais modernos realizados dentro dos vasos como a colocação de stents e a fazer a embolização, além de outros procedimentos minimamente invasivos. É o que também chamamos de angiorradiologia.
  • Ecografia vascular: especialização em que o médico aprende a realizar exames ultrassonográficos e ecográficos dentro das patologias vasculares. Também é outro título que o médico vascular pode conseguir e acrescentar no seu currículo. 

Quem regula essas titulações médicas

O MEC (Ministério da Educação) é o órgão federal que regula a profissão através das graduações e das residências. As faculdades que oferecem o curso de medicina, por exemplo, precisam passar pelo crivo do MEC antes de começarem as suas atividades. Isto é, precisam ser reconhecidas pelo órgão.

Já os títulos médicos que o profissional vai recebendo durante a sua carreira, como o de cirurgião vascular, especialista em cirurgia endovascular e outros, são ofertados pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV).

 

Carreira acadêmica do cirurgião vascular

Outra opção disponível para o médico vascular é a carreira acadêmica. Após a graduação e todas as residências e especializações já listadas aqui, o médico pode fazer mestrado, doutorado, pós-doutorado e, assim, se tornar professor em uma universidade pública ou privada.

Também é uma alternativa muito interessante e extremamente importante porque ele repassa para outros futuros médicos uma carga enorme de conhecimento, se tornando fundamental para a formação com excelência de outros profissionais.


A medicina avança e o médico vascular deve estar preparado

O fato é que, para um médico vascular, assim como para outros especialistas, o estudo nunca acaba. Reunir um bom pacote de especializações pode durar até 12 anos ou mais até chegar naquilo que ele deseja para a sua vida de médico.

A medicina avança muito rapidamente e o médico precisa ficar atento a todas as novidades que surgirem para aprender e aplicar tudo na solução do problema que o seu paciente apresenta.

Muitos procedimentos que hoje são realizados de forma natural e contínua não são ensinados nem no período de graduação e nem nas residências. Muitas dessas inovações surgem depois da formação de muitos profissionais ou ainda não estão disponíveis aqui no nosso país.

Um exemplo é a cirurgia de varizes com laser que é uma técnica nova que chegou aqui no Brasil recentemente e começamos a fazer antes de outros profissionais.

Outro exemplo de procedimento novo é a cirurgia endovascular que também não era realizada no Brasil, mas que fomos procurar saber como funcionava em outros países como a Itália. E de lá trouxemos conhecimentos valiosos a respeito.

Por fim, e não menos importante, temos o lipedema. Um assunto sobre o qual praticamente ninguém falava nada e que conseguimos trazer para o público não apenas informações precisas que facilitam o diagnóstico, mas também excelentes maneiras de tratar a doença.

 

Escolhendo o seu médico vascular

O cirurgião vascular é ultraespecializado em tratamento vascular, arterial, venoso e linfático. Passou por muitos testes de aprendizagem e é capaz de lidar com diversas doenças que afetam as pessoas. Por isso, é importante buscar um cirurgião que tenha passado por todas essas fases, que tenha um bom currículo (que pode ser visto no sistema do curriculo lattes) respaldado pelo MEC e pela SBACV e que entenda que estudar faz parte de toda a vida de um médico. Se aperfeiçoar, buscar conhecimento demonstra comprometimento com o seu trabalho e também com as pessoas que depositam nele a solução dos seus problemas.

 

Você já deve ter ouvido falar ou precisado de um Cirurgião Vascular ou Angiologista, mas sabe quem é, e qual o caminho percorrido para se chegar a essas Especialidades? Olá, sou o Dr. Alexandre Amato, Cirurgião Vascular e chefe da Cirurgia Vascular do Instituto Amato, e neste vídeo vou lhe ajudar a conhecer um pouco mais sobre esse longo caminho.

o olá sou doutora alexandra matos  cirurgião vascular do instituto amato e  hoje eu vou responder uma pergunta você  sabe quem é o cirurgião vascular quem é  o angiologista sabe qual que é o caminho  que ele percorreu para chegar até você  bom tudo começa com a graduação a  faculdade de medicina são seis anos de  faculdade durante a graduação em que ele  vai aprender todas as áreas da medicina  sendo dois anos finais da graduação é o  inter mato nesse internato ele já tá  dentro do do hospital cuidando de  pacientes antes disso ele tava formando  as bases teóricas para entrar na  faculdade é necessário um vestibular que  é extremamente concorrido após isso ele  vai entrar na residência médica e a  residência inicial para quem quer seguir  esse caminho a residência de cirurgia  geral na residência de cirurgia geral  vai levar entre dois a  e dependendo de como vai ser feito  também tem uma prova muito difícil para  para entrar quem fez angiologia pode ter  iniciado com a residência de clínica  médica mas quem fez cirurgia vascular  pode inicia-se sempre com a residência  de cirurgia geral então o cirurgião  vascular que fez a formação completa ele  também tem a formação em cirurgia geral  já tratou e muito no passado doenças  comuns na cirurgia geral como hérnia  como é hemorróida como apendicite e  outras doenças abdominais após a  residência médica de cirurgia geral o  cirurgião vascular vai para residência  médica de cirurgia vascular são mais  dois a quatro anos também precisa de uma  grande prova difícil para passar nesse  momento ele vai aprender as doenças  vasculares então  o material sistema venoso sistema  linfático tratando de doenças como  aterosclerose aneurismas stenosis dentro  da do rol de doenças venosas varizes  trombose e outras doenças linfáticas  como linfedema erisipela e muito mais  então nesses dois a quatro anos eles já  tá bem dedicado a subir especialidade da  cirurgia vascular agora quem regula tudo  isso é um mac pela via da residência  médica graduação então e a sociedade  brasileira de angiologia e cirurgia  vascular que é a sba cv então ela vai  dar a esses títulos né são títulos que  vão o cirurgião vascular vai recebendo  durante a vida após a residência de  cirurgia vascular não  e ainda tem muito chão pela frente ainda  existem as sub especializações então o  após formado em cirurgia vascular então  ele já é médico da graduação e já é  cirurgião geral da residência de  cirurgia geral ele já é cirurgião  vascular da residência de cirurgia  vascular ele ainda vai se subir  especializar então ele pode ser submisso  e alisar em cirurgia endovascular que é  onde ele aprende os tratamentos modernos  realizados dentro dos vasos para  colocação de stent embolização e outros  procedimentos minimamente invasivos que  é arranjo radiologia então eles são  caminho para ele chegar na cirurgia  endovascular e ele ainda pode fazer a  subir especialização em ecografia  vascular então como realizar exames  ultrassonográficos ecográficos dentro  das patologias vasculares então  os outros subtítulos ainda outorgados  pela sba cê vê que o cirurgião vascular  pode almejar ainda mais ele pode seguir  a carreira acadêmica se ele quiser ir  fazer um mestrado doutorado  pós-doutorado pode chegar a ser até o  professor de universidade se ele almejar  aí uma vida uma vida acadêmica a grande  questão aqui nunca acaba o estudo não é  muito comum e cirurgião vascular ter  passado aí 12 anos de deformação para  chegar até a especialização a subir  especialização é mas a gente não pode  ficar parado né a medicina continua  avançando e avança muito rápido boa  parte dos procedimentos que eu faço hoje  não eram sequer ensinados na faculdade  ou mesmo na  a residência tem vários exemplos que eu  posso dar por exemplo a cirurgia de  varizes com laser ela chegou no brasil  logo depois que eu terminei a residência  então a gente começou a fazer quando  ninguém fazia e no momento em que não  era ensinado em lugar nenhum hoje talvez  já tem algumas residências que que  ensinem a cirurgia endovascular também  na época eu fui aprender na itália  passei um ano lá porque aqui no brasil  não era algo disseminado o mesmo outras  doenças como o lipe drama que eu tenho  falado bastante isso não é comentado em  faculdade ou residência nenhuma né então  finalizando o cirurgião vascular é um  médico outra especializado em realizar  um tratamento vascular tanto arterial  venoso quanto quanto linfático mas ele  passou todo em tom  e esses de aprendizado anterior e é  capaz de lidar e tratar com a maior  parte da das doenças e situações médicas  tão por isso sempre que buscar um  tratamento para alguma doença vascular  busque um cirurgião vascular que tenha  passado por todas essas fases que tenha  isso no seu currículo disponível na  internet e que tenha sido atestado então  pela sba cv e aí você tá com certeza em  boas mãos gostou do nosso vídeo  inscreva-se no nosso canal clica no  sininho lá embaixo e até o próximo  e aí  g1  [Música]  e aí  

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

>
Rolar para cima
error: Alert: Content selection is disabled!!
× Precisa de ajuda? Fale conosco! Available from 08:00 to 20:30