O que é Doença Arterial Periférica (DAP)?

Aterosclerose
()

O que é Doença Arterial Periférica (DAP)?

2014-04-16 16:52:48
()

As artérias levam o sangue rico em oxigênio e nutrientes do seu coração para o resto do corpo. Quando as artérias das pernas ficam bloqueadas, as pernas não recebem sangue ou oxigênio suficiente, e você pode ter uma condição chamada de doença arterial periférica (DAP). Menos comum, mas também possível, pode acorrer o bloqueio de artérias nos braços.

 

Normalmente, as artérias são lisas e sem obstáculos no interior, mas podem tornar-se bloqueadas, causando inclusive o endurecimento das mesmas pelo acúmulo de gordura e tecido fibroso. Quando esse bloqueio acontece, o fluxo é reduzido causando a falta ou diminuição de oxigênio levado até as pernas e braços.

 

A DAP é mais comum em homens idosos; mas fumar, ter pressão alta, diabetes e níveis altos de colesterol, aumentam as chances de desenvolver a doença mais cedo.

 

Para identificá-la, alguns sintomas são as dores e o desconforto na região dos quadris, nádegas, coxas, joelhos, canelas e pés, que acontecem no movimento e param quando se descansa; cãibras, peso ou fraqueza nos membros também podem ser indícios.

 

Na doença arterial periférica grave, pode haver o desenvolvimento de úlceras dolorosas nos dedos ou pés, e caso a circulação não melhore, as úlceras podem trazer feridas e até tornar-se tecido morto (gangrena).

 

Para tratar a DAP, o principal é a mudança no estilo de vida, buscando uma alimentação saudável e a prática de exercícios assistidos, mas há outros procedimentos, como:

  • Medicação;  
  • Angioplastia e implante de stent;
  • Cirurgia Bypass;
  • Endarterectomia;
  • Amputação (em casos extremos).

 

O diagnóstico precoce e o tratamento é importante, afim de evitar um risco maior como a perda de membros, ou ainda um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral.

 

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil…

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

nv-author-image

Alexandre Amato

O Dr Alexandre Amato é médico, professor de cirurgia vascular da Universidade de Santo Amaro (UNISA), e tem quatro especialidade médicas reconhecidas pelo MEC e respectivas sociedades: cirurgião geral, cirurgião vascular, angiorradiologista e ecografista. Formou-se na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e especializou-se em vários hospitais privados e públicos em São Paulo. Aprofundou-se em cirurgia vascular em Milão, no hospital San Raffaele da Università Vita-Salute. Quando voltou, fez seu doutorado em cirurgia cardiotorácica na Universidade de São Paulo (USP). Fundou a Associação Brasileira de Lipedema para divulgar conhecimento de qualidade às mulheres portadoras de Lipedema.