fbpx

7 motivos para incluir o ômega 3 em sua alimentação

Ômega 3
()

O consumo de ômega 3 é um assunto que está sendo muito debatido nos últimos tempos. O motivo é a sua ampla atuação no controle da inflamação do corpo humano, além de causar melhorias em vários aspectos da nossa saúde como um todo. Quem não quer uma vida mais saudável a partir daquilo que põe no prato? Se você também quer saber por que razão deve consumir o ômega 3, continue lendo.

O que é o ômega 3

O ômega 3 é um ácido graxo, isto é, um tipo de gordura saudável, presente em peixes, sementes e alguns vegetais. Também conhecido como gordura do bem por ter inúmeras funções no organismo, o seu consumo é muito indicado.

Apesar de ser essencial ao bom funcionamento do corpo humano, o ômega 3 não é produzido pelo nosso organismo e, por isso, deve ser ingerido a partir de determinados alimentos ou por meio de suplementação.

Ômega 3 e a saúde vascular

O ômega 3 também é fundamental para a saúde do sistema vascular do indivíduo, incluindo suas veias, vasos e artérias. O sistema vascular é responsável pela circulação sanguínea e também pelo transporte de oxigênio para várias partes do corpo.

Entretanto, nem sempre essa tarefa é executada como deveria, sendo interrompida pela aterosclerose. A aterosclerose é uma doença inflamatória que provoca o acúmulo de placas de gordura nas paredes dos vasos, impedindo a circulação do sangue.

É uma doença crônica, que atinge o indivíduo desde a infância e causa muitas complicações com o passar do tempo e o avançar da idade. 

O ômega 3 tem uma função importante no controle dessa inflamação crônica. Segundo estudos recentes, a substância consegue controlar os pontos inflamatórios de maneira muito mais eficaz do que medicamentos anti-inflamatórios.

Mas, esse é apenas um dos muitos benefícios dessa gordura. Falaremos mais dele e de outros pontos positivos a seguir.

YouTube video

 

7 motivos para incluir o ômega 3 na sua alimentação

Será que realmente vale a pena investir em alimentos ricos em ômega 3 ou suplementar essa gordura do bem? As respostas para essas perguntas você confere a seguir, na lista de vantagens dessa substância.

  1. Menos inflamação corporal

O principal ponto de ação do ômega 3 é no combate à inflamação crônica que atinge o organismo. Aquela inflamação nociva, que provoca dores e doenças, como a aterosclerose, por exemplo.

Mas, como isso acontece? Quando consumido, o ômega 3 aumenta a concentração da prostaglandina, substância que inibe a ação das ações inflamatórias no corpo humano. Além da aterosclerose, a inflamação crônica pode causar:

  • Câncer;
  • Problemas intestinais;
  • Doenças cardíacas;
  • Artrite e outras.
YouTube video

 

  1. Redução da coagulação sanguínea

Vimos anteriormente que a aterosclerose não permite que o sangue circule livremente pelos vasos, veias e artérias. Esse sangue, quando represado, forma pequenos pedaços chamados de trombos ou coágulos.

Esses trombos podem causar danos graves à saúde do indivíduo, impedindo o sangue e o oxigênio de chegarem aos tecidos, podendo provocar dificuldade respiratória, embolia pulmonar, morte súbita e ataque cardíaco.

O ômega 3 inibe a formação desses coágulos, reduzindo o risco de suas complicações.

  1. Saúde cerebral em dia

O ômega 3 tem um papel fundamental na saúde do nosso cérebro. Ele protege as membranas cerebrais e previne lesões, sendo essencial no combate à uma doença cada dia mais comum: o Alzheimer. 

O consumo frequente dessa gordura diminui a probabilidade da incidência da doença de Alzheimer que, como sabemos, é uma enfermidade que compromete diretamente as funções cerebrais. Quem já sofre com a doença percebe melhorias e redução significativa dos sintomas.

  1. Funções cardíacas protegidas

Estudos recentes já verificaram que pessoas com problemas cardíacos sofrem menos com complicações quando ingerem regularmente níveis adequados de ômega 3.

Além de melhorar a circulação sanguínea, o ômega 3 controla os batimentos cardíacos, prevenindo arritmias, mantém a pressão arterial equilibrada, diminui o risco de aneurisma e infarto, também chamado de ataque cardíaco, e avc, acidente vascular cerebral.

  1. Controle do colesterol

O colesterol é um composto gorduroso que, quando em excesso, fica acumulado nas paredes dos vasos e artérias. Podemos perceber que a sua relação com a aterosclerose é evidente. Portanto, seus efeitos também são similares.

O acúmulo de colesterol dentro dos vasos aumenta a incidência de doenças cardiovasculares, como infartos e derrame cerebral. 

O ômega 3, por sua vez, diminui a concentração de colesterol considerado ruim, o LDL, e aumenta o número de colesterol considerado bom, o HDL.

Tanto o LDL quanto o HDL são lipoproteínas que fazem o transporte do colesterol. A diferença está no trajeto de cada uma delas. O LDL leva o colesterol para os tecidos do corpo, favorecendo o acúmulo de placas de gordura nas artérias, a aterosclerose.

Já o HDL faz o trajeto contrário, levando essa gordura em excesso para o fígado para que ele seja eliminado do nosso organismo.

YouTube video

 

  1. Olhos mais saudáveis

Outra grande vantagem do ômega 3 é a sua influência sobre a saúde ocular. A substância é responsável pela nutrição das células que atuam no controle de doenças oculares, reduzindo o risco de incidência dessas complicações.

Além disso, o ômega 3 também ajuda a barrar a evolução de uma doença ocular comum, a degeneração macular. Apesar do forte fator genético deste problema, já é do conhecimento da Medicina que o ômega 3 retarda o surgimento dos sintomas e também a evolução da doença.

  1. Prevenção e controle do diabetes

O diabetes é uma doença crônica provocada pela presença de glicose no sangue. A doença também é conhecida pela maior suscetibilidade aos processos inflamatórios e também ao estresse oxidativo das células.

O estresse oxidativo pode ser definido como o desequilíbrio provocado pela baixa quantidade de substâncias antioxidantes capazes de combater a ação dos radicais livres dentro do nosso organismo.

O ômega 3 reduz esses processos inflamatórios, aumenta e potencializa a ação dos antioxidantes, ajudando no controle da doença e redução dos seus sintomas. Logo, é um grande aliado dos diabéticos para a garantia de uma vida com mais qualidade.

Vale lembrar, no entanto, que para usufruir de todos os benefícios do ômega 3 é necessário adotar um conjunto de cuidados e hábitos saudáveis, como manter uma alimentação equilibrada, fazer exercícios físicos, além de deixar o cigarro e o álcool de lado.

Agora você já tem motivos suficientes para adotar um cardápio mais nutritivo, com boas quantidades de ômega 3. Ou, também pode investir na suplementação, igualmente eficaz e satisfatória. Procure a orientação de um nutricionista e de um médico vascular e saiba como o ômega 3 pode ser ainda mais benéfico para o seu caso em específico.

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

>
Rolar para cima
× Precisa de ajuda? Fale conosco! Available from 08:00 to 20:30