fbpx

Dor na panturrilha: o que pode ser e como aliviar?

Panturrilha
()

Provavelmente você alguma vez já sentiu dor na panturrilha, região mais conhecida como batata da perna. Afinal de contas, o incômodo é absolutamente normal após atividades físicas intensas, longas caminhadas ou ficar muito tempo de pé. O problema é quando essa dor se torna frequente mesmo sem ter feito maiores esforços, passando a indicar problemas de saúde.

Confira no artigo a seguir o que pode causar dor na panturrilha e como tratar esse incômodo.

O que é panturrilha?

Para quem não sabe, a panturrilha é uma região que fica localizada na parte inferior da perna, abaixo e atrás dos joelhos. Ela é popularmente conhecida como batata da perna e é composta pelos músculos gastrocnêmio e sóleo, responsáveis pela marcha e pelo amortecimento do corpo durante a caminhada. Além desses músculos, a panturrilha também é composta por tendões, veias e artérias.

Dessa forma, fica fácil perceber que a panturrilha é uma região indispensável ao bom funcionamento do corpo humano e à realização de vários movimentos corriqueiros. Ela ajuda a manter o equilíbrio, a postura, auxilia na caminhada e na flexão plantar. Além disso, facilita os movimentos de sentar, abaixar, levantar e dirigir. 

E como se já não bastassem todas essas funções, a panturrilha também atua na circulação sanguínea, ajudando a bombear o sangue venoso de volta para o coração.

O que pode causar dor na panturrilha?

Vários fatores podem causar dor na panturrilha e é preciso ficar atento a cada um deles. De maneira geral, os sintomas acontecem principalmente por sobrecarga dos músculos, mas a dor na região também pode ser indicativo de problemas mais graves, tais como:

Lesões musculares

As lesões musculares geralmente são causadas pelo excesso de exercícios físicos e podem ter origem no rompimento das fibras musculares, na lesão ou ruptura do tendão de Aquiles e na inflamação dos tendões. Elas podem causar dores intensas, conforme o quadro e a gravidade da situação. 

As lesões musculares podem ser tratadas com o uso de meias de compressão, compressas de gelo, massagem local com pomadas anti-inflamatórias e elevação da panturrilha com o auxílio de um travesseiro ou almofada. No caso do rompimento do tendão de Aquiles, recomenda-se a cirurgia para resolver o problema.

YouTube video

 

Má circulação sanguínea

A má circulação sanguínea também pode causar dor na panturrilha, em intensidades que variam conforme o problema apresentado. Isso porque várias patologias podem ser associadas à falta de circulação sanguínea, algumas mais graves do que as outras. 

Por isso, ao perceber dores persistentes na região, o ideal é procurar ajuda médica para receber um diagnóstico precoce e o tratamento adequado. No caso de problemas vasculares, os mais comuns são:

  • Varizes: veias inchadas e protuberantes, causam sensação de peso na perna, inchaço e vermelhidão local. Os sintomas tendem a desaparecer com repouso, uso de meias de compressão e remédios apropriados;
  • Trombose venosa profunda: coágulo que se forma dentro da veia e impede a passagem do sangue. Causa dores repentinas e agudas na panturrilha, inchaço e edemas. Se não diagnosticada e tratada a tempo, pode levar a pessoa a óbito. Geralmente o tratamento é feito com remédios anticoagulantes.
YouTube video

 

Claudicação intermitente

A claudicação intermitente representa um quadro grave de má circulação sanguínea e pode se manifestar com dor na panturrilha, principalmente após a prática de um exercício físico, ainda que leve. Na prática, trata-se de insuficiência circulatória e de oxigênio na região, causada pelo estreitamento das artérias. O problema atinge aproximadamente 5% da população brasileira e acomete principalmente pessoas entre os 55 e 60 anos de idade.

Em casos mais leves, o tratamento é feito com repouso, uso de medicamentos vasodilatadores e fisioterapia para desobstruir os vasos sanguíneos e aliviar a dor na panturrilha. Contudo, casos de moderados a graves podem necessitar de intervenção cirúrgica, já que se não tratados a tempo podem inclusive causar a amputação das pernas. 

YouTube video

 

Cisto de Baker

O cisto de Baker, por sua vez, é o acúmulo do líquido sinovial nos tendões e bursas da região do joelho. O problema pode causar inchaço local, dor na panturrilha e dificuldades para caminhar. 

Para aliviar os incômodos, ortopedistas e reumatologistas recomendam o uso de meias de compressão, de compressas geladas e fisioterapia. Todavia, diante de sintomas mais agudos, pode ser necessária a intervenção cirúrgica para retirada do cisto.

E por falar em cisto, saiba como é feita a cirurgia de cisto pilonidal em Hospital Dia.

YouTube video

 

Dor na panturrilha por celulite infecciosa

Embora seja mais conhecida como acúmulo de gordura, a celulite também pode se apresentar na forma de uma infecção das camadas profundas da pele. A condição geralmente se manifesta após feridas e cortes cirúrgicos e é causada por bactérias do tipo Streptococcus e Staphylococcus.

A celulite infecciosa também causa dor na panturrilha, vermelhidão, calor e inchaço local. O tratamento geralmente é feito com antibióticos para evitar que as bactérias caiam na corrente sanguínea e causem a morte do paciente.

YouTube video

 

Cãibras

As cãibras estão entre as principais queixas de dor na panturrilha e são causadas pela contração muscular involuntária. Elas são mais frequentes após a prática de atividades físicas intensas e de noite, durante o sono. Após os episódios de contrações, a batata da perna pode ficar dolorida e inchada.

As cãibras podem surgir por causa de desgaste físico, produção de ácido lático e alimentação pobre em sódio e potássio. O tratamento para o problema inclui reeducação alimentar, exercícios físicos para fortalecimento muscular e consumo de suplementos nutricionais.

 

Onde tratar a dor na panturrilha com uma equipe multidisciplinar de saúde?

 

Há quase 40 anos cuidando da saúde das famílias brasileiras, o Instituto Amato possui várias especialidades médicas para você tratar a dor na panturrilha e qualquer outro incômodo que esteja prejudicando a sua qualidade de vida. Nossa equipe médica é composta por cardiologistas, angiologistas, cirurgiões vasculares, fisioterapeutas entre vários outros especialistas para cuidar de vários aspectos da sua saúde em um só lugar.

Em nosso Hospital Dia, oferecemos uma moderna modalidade de internação parcial para procedimentos simples e que dispensam internação hospitalar superior a 12 horas. Por meio de aparelhos de última geração e tecnologia de ponta, oferecemos diagnósticos precisos, confiáveis e realizamos procedimentos minimamente invasivos. A alta hospitalar acontece no mesmo dia e proporciona uma recuperação mais rápida, custos mais acessíveis e baixíssimo risco de infecção hospitalar.

Sentindo dor na panturrilha? Busque ajuda médica, inicie o quanto antes o seu tratamento e recupere a sua saúde com uma equipe especializada. Entre em contato conosco e marque a sua consulta.

 

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

>
Rolar para cima
× Precisa de ajuda? Fale conosco! Available from 08:00 to 20:30